® 2021 Rede Moinho 24 • Notícias de Pouso Alegre e região •

Sul de Minas

Sem sinais da bebê, bombeiros encerram terceiro dia de buscas por Lara Sophia

Publicado

no dia

Bombeiros fazem buscas pela bebê Lara Sophia no Rio Sapucaí | Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros encerrou nesta sexta-feira, 26, o terceiro dia de buscas pela bebê Lara Sophia, a menina de 1 ano e 9 meses que desapareceu após ser pega pelo pai e este cometer suicídio às margens do Rio Sapucaí.

De acordo com os bombeiros, as buscas nesta sexta-feira se concentraram “em uma nova ação de mergulho no local do suposto desaparecimento e, em seguida, desceu o rio procurando em galhadas, porém sem êxito em encontrar a criança”, informou a corporação.

As buscas serão retomadas na manhã deste sábado, que será o quarto dia de mobilização na tentativa de encontrar a menininha.

Veja imagens do terceiro dia de buscas:

O que se sabe sobre o desaparecimento de Lara

De acordo com relatos da família de Lara Sophia, seu pai, Wallace Prado, teria pego a menina na noite de terça-feira (23), em Turvolândia. Prado disse que a levaria para a casa da avó, em Silvianópolis.

Mais cedo, naquele mesmo dia, a mãe de Lara havia pedido a separação de Wallace. Eles estavam juntos há pelo menos três anos. À noite, já com a menina, Wallace ligou para a ex-mulher, quis saber se a decisão tomada era irreversível.

Já na quarta de manhã, a mãe de Lara ligou para o ex, em busca de notícias da filha, sem sucesso. Ela, então, decidiu ir à polícia, onde registrou um boletim de ocorrência.

Acionada, a Polícia Militar deu início às buscas. Na tarde daquela mesma quarta-feira, 24, o corpo de Wallace foi encontrado às margens do Rio Sapucaí, já na divisa entre as cidades de Silvianópolis e Careaçu. Ele havia cometido suicídio por enforcamento.

O que levou a polícia a suspeitar que a menina poderia ter sido jogada no rio é o fato de pertences dela terem sido encontrados próximo ao corpo do pai, incluindo uma sandalinha da menina.

Sandália da menina foi encontrada próximo do corpo do pai | Foto: Corpo de Bombeiros

 

Wallace Prado e a filha Lara Sophia

Cotidiano

Homem acusado de abusar da enteada em Jacutinga é capturado pela Polícia Civil

Publicado

no dia

Menina de 12 anos escreveu bilhete para a mãe, contando que abusos ocorriam desde quando ela tinha 9 anos. Homem de 47 ano foi preso em Contagem

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, nesta terça-feira (20), o homem de 47 anos suspeito de abusar sexualmente da enteada de 12 anos, em Jacutinga, no Sul de Minas. Ele estava foragido desde julho de 2020, quando foi denunciado pela vítima.

A equipe da delegacia da PC de Jacutinga descobriu o paradeiro do investigado, que estava escondido em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Na ação em que efetuou a prisão do fugitivo, contou com o Departamento de Operações Especiais (DEOESP) da capital.

A denúncia foi feita pela própria vítima por meio de um bilhete que deixou para a mãe. Segundo a adolescente, os abusos aconteciam desde seus nove anos de idade. Assim que a mãe da vítima fez a ocorrência, o investigado saiu da cidade.

Continuar lendo

Minas

Presídio de Extrema tem 67 detentos e dois servidores com Covid-19

Publicado

no dia

Audiências de custódia e visitas virtuais foi uma das formas encontradas para isolar detentos em meio à pandemia em Minas | Imagem: divulgação

Presos foram isolados e servidores afastados de suas funções. Surtos semelhantes já ocorreram em outros presídio da região, incluindo o de Pouso Alegre

Mais um surto de Covid-19 tomou conta de um presídio da região. Desta vez, a infecção se espalhou no presídio de Extrema, onde 67 presos e dois servidores do sistema prisional testaram positivo para a doença.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) nesta terça-feira (20).

O órgão informou que todos os presos foram colocados em quarentena. A maioria deles estaria assintomática e/ou com sintomas leves. Eles são acompanhados por uma equipe de saúde.

Os dois servidores que também testaram positivo foram afastados de suas funções e cumprem quarentena em suas casas. Eles também estariam com sintomas leves da infecção.

A Sejusp também informou que já não haveria mais casos de Covid-19 nos presídios de Alfenas, Guaranésia, Poços de Caldas, Botelhos e Três Corações. Em Pouso Alegre, ainda de acordo com o órgão, ao menos sete detentos estão com diagnóstico positivo.

Circulação restrita e centro de triagem

A Sejusp garante que o sistema prisional mineiro segue um modelo com restrição de circulação e cerca de 30 centros de triagem, distribuídos pelo estado, para incorporar novos custodiados ao sistema, reduzindo a possibilidade de o vírus chegar aos presídios. Apesar disso, surtos da doença têm sido comum nos presídios de Minas.

Continuar lendo

Sul de Minas

Operação contra venda de CNHs prende dono e instrutor de autoescola em Itajubá

Publicado

no dia

Operação “Sentido Obrigatório” cumpriu cinco mandados de prisão e 16 de busca e apreensão nas cidades de Itajubá e Maria da Fé, no sul do Estado, e em Belo Horizonte. Ex-secretário municipal e funcionários da Jari de Itajubá também são investigados no esquema

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) desencadeou, na manhã desta segunda-feira (19/4), a operação “Sentido Obrigatório”, com o cumprimento de cinco prisões e 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Itajubá e Maria da Fé, no Sul de Minas, e em Belo Horizonte.

A investigação teve como alvo crimes de corrupção ativa e passiva que envolvem a compra de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Dentre os presos estão um proprietário e um instrutor de autoescola em Itajubá e um empresário, também do ramo, de Belo Horizonte.

Os mandados de busca foram cumpridos em residências de suspeitos que realizaram a aquisição da habilitação mediante o pagamento sem o cumprimento dos trâmites legais nas casas de instrutores da autoescola investigada em Itajubá.

Durante as apurações, foram identificados que dois dos investigados fazem parte da Junta Administrativa de Recursos de Infrações do Município (JARI), de Itajubá. Quando no exercício desta função negociavam a baixa de multas mediante pagamento de valores.

Ainda nesta investigação, foi identificado também o envolvimento do ex-secretario de Defesa Social do Município de Itajubá.

A operação contou com quarenta policiais civis de Itajubá, Cristina, Pedralva e Paraisópolis. As investigações continuam para identificar outros envolvidos. Os suspeitos foram encaminhados para o Presídio de Santa Rita do Sapucaí, para medidas de prevenção à Covid-19.

Continuar lendo

Mais lidas