Pouso Alegre inicia vacinação de crianças contra Covid-19

Pouso Alegre

Pouso Alegre inicia vacinação de crianças contra Covid-19

Publicado

no dia

A Secretaria Municipal de Saúde de Pouso Alegre iniciou nesta terça-feira, 18, a vacinação de crianças contra Covid-19. Nesta primeira etapa, de acordo com as doses disponíveis estão sendo vacinadas crianças de 11 anos cadastradas no site da Prefeitura.

A imunização está sendo realizada na Casa da Cultura, que passou a atender exclusivamente os menores, acompanhados por um responsável legal, das 8h às 16h, conforme agendamento via cadastro online (que pode ser feito neste link para crianças de 9 a 11 anos).

Após cadastrar a criança, os pais ou responsável devem esperar um e-mail de confirmação da Secretaria de Saúde, que informará no comunicado o dia, horário e local da imunização.

O primeiro vacinado

Davi, de 11 anos, foi o primeiro a ser vacinado na cidade. “Este é um momento de muita esperança. Eu fiz o cadastro no site e recebi o e-mail com o horário agendado. Espero que todas as mães tenham a mesma consciência de que a vacina salva vidas”, comemora a mãe do menino, Tatiana de Souza Arouca.

Pouso Alegre começa vacinando crianças de 11 anos e crianças a partir dos 5 que tenham comorbidade ou deficiência permanente

As vacinas são direcionadas a crianças de 5 a 11 anos, mas, como as doses ainda chegam em pequena quantidade, a imunização começa dos mais velhos para os mais novos, além de priorizar crianças com deficiência permanente ou comorbidade grave, como explica a secretária Sílvia Regina:

“As crianças com deficiência permanente ou comorbidade grave, podem procurar a Casa da Cultura. Elas possuem total prioridade e não precisam de agendamento. Já as crianças de 11 anos, que não se encaixam neste grupo, é imprescindível o agendamento. Esperamos vacinar todas o mais breve possível”, projeta a secretária.


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Cotidiano

Encontrado adolescente que desapareceu a caminho da escola em Pouso Alegre

Publicado

no dia

O jovem Willian a caminho de casa após ser encontrado na Fernão Dias

Willian, o adolescente de 15 anos que estava desaparecido desde a manhã de ontem, 27, foi encontrado pela família em um posto às margens da rodovia Fernão Dias, no início da tarde desta quarta-feira, 28.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O jovem, que tem o transtorno do espectro autista, saiu de casa por volta das 6h30 de terça-feira a caminho da escola Monsenhor José Paulino, onde cursa o 1º ano do Ensino Médio, e desde então não fora mais visto.

A família registrou boletim de ocorrência, se mobilizou e fez uma enorme campanha por meio das redes sociais, com posts sendo compartilhados milhares de vezes. Felizmente, deu resultado.

Horas de desespero

Mas, até o final feliz, foram cerca de 30 horas de angústia. A mãe do menino suspeitou do desaparecimento na tarde desta terça-feira, 27, quando o jovem não retornou da escola. Ela explica que ele deveria retornar por volta das 13h. Como Willian não retornou no horário de costume, ela imaginou que ele poderia ter ido para a casa da avó, o que não aconteceu.

A confirmação do desaparecimento veio quando ela descobriu que ele sequer teria chegado à escola. A partir daí, a família acionou a polícia, registrou o boletim de ocorrência e iniciou uma campanha nas redes sociais em busca de informações sobre o paradeiro de Willian.

“A gente não tem informação nenhuma, dele, nada, nada. Nem amigo, nem conhecido. Rodamos Pouso Alegre inteira de carro. Tivemos várias notícias, de que ele teria sido visto na [Avenida] Dique 2, no Cristo, muita gente falando, mas sem certeza de nada”, lamenta a tia de Willian Lydiane Funchal.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Família procura por jovem autista que desapareceu a caminho da escola

Publicado

no dia

Willian foi visto pela última vez saindo de casa a caminho da Escola Monsenhor José Mendonça | Imagens: reprodução

A família do jovem Willian, de 16 anos, está a sua procura. O menino saiu para ir à escola por volta das 6h40 desta terça-feira, 27, e, desde então, não foi mais visto. Willian mora no bairro Tijuca e seguia para a Escola Monsenhor José Paulino, que fica no Centro de Pouso Alegre, onde cursa o 1º ano do Ensino Médio.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

De acordo com a mãe dele, Ariana de Oliveira, Willian é um menino tranquilo e nunca havia sumido. “Era de casa para a escola e da escola para a casa”, conta.

O que deixa os familiares ainda mais preocupados é o fato do menino ser diagnosticado com o transtorno do espectro autista. “Ele tem autismo, então, assim, ele pode estar completamente perdido”, afirma um primo em vídeo compartilhado nas redes sociais.

A mãe do menino suspeitou do desaparecimento na tarde desta terça-feira, 27, quando o jovem não retornou da escola. Ela explica que ele deveria retornar por volta das 13h. Como Willian não retornou no horário de costume, ela imaginou que ele poderia ter ido para a casa da avó, o que não aconteceu.

A confirmação do desaparecimento veio quando ela descobriu que ele sequer teria chegado à escola. A partir daí, a família acionou a polícia, registrou o boletim de ocorrência e iniciou uma campanha nas redes sociais em busca de informações sobre o paradeiro de Willian.

“A gente não tem informação nenhuma, dele, nada, nada. Nem amigo, nem conhecido. Rodamos Pouso Alegre inteira de carro. Tivemos várias notícias, de que ele teria sido visto na [Avenida] Dique 2, no Cristo, muita gente falando, mas sem certeza de nada”, lamenta a tia de Willian Lydiane Funchal.

Quem tiver qualquer informação sobre Willian, pode encaminhar para os telefones disponibilizado pela família, o (35) 99781-3840, e falar com Lydiane, ou o (35) 99717‑4818 e falar com mãe do jovem, Ariana.

Nas redes sociais, professores, amigos e até a Escola Estadual Monsenhor José Paulino ajudam a compartilhar publicações à procura do jovem.

A Polícia Militar também realiza buscas pelo garoto. Qualquer informação que possa ajudar a encontrá-lo pode ser repassada também às autoridades pelo telefone 190 ou pelo Disque Denúncia 181.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Santa Rita retribui apoio e envia homens da Defesa Civil para ajudar Pouso Alegre

Publicado

no dia

Em 2019, a cidade de Santa Rita do Sapucaí foi atingida por uma violenta chuva de granizo. Nos dias seguintes, o município recebeu a solidariedade de diversas cidades da região, incluindo Pouso Alegre, que enviou apoio ao município vizinho.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Nesta terça-feira, 27, foi a vez de Santa Rita retribuir a ajuda, enviando homens da Defesa Civil para auxiliar na limpeza e desinfecção de ruas no bairro São Geraldo e oferecer apoio aos moradores.

“A união entre cidades irmãs sempre foi valorizada por Pouso Alegre, e hoje expressamos nossa profunda gratidão a Santa Rita pelo apoio neste momento desafiador”, registrou a Prefeitura de Pouso Alegre em comunicado à imprensa.

Homens da Defesa Civil de SRS ajudam na limpeza do bairro São Geraldo, em Pouso Alegre | Foto: Ascom/PMPA

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas