Com 2ª onda maior, Pouso Alegre amplia em 60% leitos de UTI para Covid-19

Previous
Next
Previous
Next

Saúde

Com 2ª onda maior, Pouso Alegre amplia em 60% leitos de UTI para Covid-19

Publicado

no dia

Segunda onda pressiona sistema de saúde e município volta a ampliar leitos de UTI para Covid-19 | Foto: R24

Para dar conta da segunda onda, que já supera os números da primeira, município voltou a destinar um número maior de leitos para a doença, passando de 20 para 32 leitos entre o final de dezembro e início de fevereiro. Na primeira onda, porém, cidade chegou a ter 33 leitos destinados à doença

Pouso Alegre precisou ampliar em 60% o número de leitos de UTI destinado ao tratamento de Covid-19 nos últimos 45 dias. Até 22 de dezembro, o município reservava 20 leitos de UTI para tratar vítimas da infecção, mas a partir daquela data, ampliou este número para 32, se aproximando do maior número de UTIs já destinadas para a doença na cidade, que era 33 até 4 de novembro.

Nesta sexta-feira, 05, o município registra a segunda maior ocupação absoluta de leitos de UTI por Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico, há 28 pacientes internados com a infecção, número já atingido em ao menos outras quatro oportunidades ao longo do mês de janeiro.

O recorde de todo o período da pandemia foi batido também em janeiro deste ano, no dia 22, data em que 29 pessoas estavam internadas. Também naquele dia o município apresentou a maior ocupação proporcional, batendo 96,66% de lotação na ala, com 29 de 30 leitos ocupados.

Ao longo da pandemia, o número de leitos de UTI destinado ao tratamento da Covid-19 se alterou pelo menos quatro vezes. No dia 4 de novembro, o município promoveu a maior redução: de 33 para 18. Em 10 de dezembro, acrescentou mais 2 leitos, indo para 20. No dia 22 de dezembro, o número chegou a 30. A quantidade atual, de 32, passou a constar nos boletins oficiais a partir do dia 1º de fevereiro.

Confira no gráfico:

Os leitos de UTI destinados pelo SUS ao tratamento da Covid-19 em Pouso Alegre são ofertados no Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL). Referência regional, ele não atende apenas Pouso Alegre, mas 53 cidades.

De acordo com o boletim desta sexta-feira, cujos dados se referem à quinta-feira (04), das 28 pessoas internadas na UTI, 8 são de Pouso Alegre e 20 de cidades vizinhas.

Segunda onda supera primeira em número de novos casos e internações na UTI

Na primeira onda da doença, a primeira vez que a cidade registrou mais de 100 casos de Covid-19 em um semana ocorreu de 12 a 18 de julho. Foram, então, 10 semanas seguidas com média superior a 100 casos, num total de 2.112 ocorrências até a terceira semana de setembro. Neste mesmo período, a média de internações na UTI ficou em 18,8. O número de óbitos no período foi de 43.

 

Na segunda onda da Covid-19, a cidade voltou a apresentar média de mais de 100 casos por semana entre o final de novembro e início de dezembro. A partir daí, o município já soma as mesmas 10 semanas da primeira onda com mais de 100 casos, mas já contabiliza o acumulado de 2.391 ocorrências da infecção, sendo que a última semana contabilizada se encerra nesta sexta e os dados ainda serão divulgados. Já o número de óbitos, por enquanto, é menor: 22 no período.

 

 

Pouso Alegre

Horário estendido: ESF do Pantano passa a contar com plantão noturno

Publicado

no dia

Unidade de Saúde do distrito de São José do Pantano | Foto: reprodução Ascom/PMPA

Uma ampliação de serviço muito aguardada pelos moradores de São José do Pantano começou a valer esta semana. A unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do distrito teve seu horário ampliado e, agora, além do período regular regular, que vai das 7h às 16h, conta também com um plantão noturno, que vai das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira (veja o vídeo abaixo).

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O horário estendido de atendimento já funciona em outros ESFs da cidade, como no Cidade Jardim, Colina de Santa Bárbara, Colina Verde, Esplanada, Pão de Açúcar, Santa Edwirges, São Camilo, São Geraldo e Sebastião Reis.

De acordo com a Prefeitura, além de ampliar o horário de atendimento para os moradores, a ideia é que os pacientes possam ganhar mais atenção dos profissionais de saúde. “Isso inclui não apenas o tratamento das condições médicas, mas também a escuta atenta das preocupações e necessidades individuais de cada pessoa”, diz o município.

O prefeito Cel. Dimas (Republicanos) visitou a unidade de saúde nesta segunda-feira e avaliou a ampliação do horário de atendimento. Ele lembrou que com o plantão noturno será mais fácil prestar assistência ao moradores que trabalham na lavouras da região.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Pouso Alegre

Confirmada segunda morte por dengue em Pouso Alegre

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/ Fiocruz

Pouso Alegre confirmou nesta quarta-feira, 08, a segunda morte atribuída à dengue na cidade. A vítima fatal é um senhor de 77 anos que possuía outras comorbidades. Ele faleceu em 20 de março, mas só agora os exames laboratoriais confirmaram a causa da morte.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e pela Prefeitura. Antes da confirmação de hoje, em 30 de abril o município havia confirmado a primeira morte em decorrência da doença. A vítima foi uma mulher de 61 anos, que morreu em 28 de março.

Segundo o município, até o dia 2 de maio, foram notificados 6.056 casos. Deste total, 4.959 são casos prováveis (casos positivos, casos em investigação, aguardando coleta de exame e resultados), 1.094 já foram descartados. Além dos dois óbitos confirmados, dois óbitos ainda estão em investigação e dois foram descartados.

Na nota enviada à imprensa, a Prefeitura chama a atenção para a necessidade de todos colaborarem na luta contra o mosquito da dengue. “Ressaltamos a importância da prevenção e combate ao mosquito transmissor da doença, principalmente nas residências. Tendo em vista que mais de 80% dos focos de Aedes aegypti estão nas residências“, conclui.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Saúde

Vídeo: médico vai trabalhar com sinais de embriaguez e revolta paciente

Publicado

no dia

Imagens: reprodução de redes sociais

Um médico foi trabalhar com sinais de embriaguez em uma unidade da rede municipal de saúde em Monte Sião, no Sul de Minas. Revoltado, um paciente gravou o profissional cambaleando e com a voz arrastada. As imagens viralizaram nas redes sociais. Um boletim de ocorrência foi registrado e o médico acabou afastado – veja o vídeo a seguir.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O caso ocorreu no início da manhã deste domingo, 05. O paciente, um homem de 32 anos, contou à polícia que foi à unidade de pronto atendimento se consultar com o médico de plantão. Durante a consulta, ele percebeu que o profissional de saúde aparentava estar bêbado.

Ainda segundo os relatos do paciente, o médico quase atingiu seu olho ao tentar usar o palito – abaixador de língua –  para avaliar sua garganta.

Incrédulo com a situação, o paciente foi até a recepção reclamar do atendimento e passou a gravar a situação. O médico ainda tentou tomar seu celular, mas foi convencido pelos profissionais da unidade a se recolher.

Médico foi substituído

A coordenação do Pronto Atendimento de Monte Sião e a empresa responsável pela contratação do médico, a Clin Med, informaram que o médico foi substituído após o ocorrido.

Já o prefeito de Monte Sião, José Pocai Junior, disse que a equipe da unidade de saúde não teria percebido que o médico estava embriagado, pois ele teria chegado ao local de máscara.

O político disse ainda que o médico tinha histórico de prestar um bom atendimento aos pacientes, mas que providências serão tomadas para que o episódio não se repita.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas