Ao vivo: Zema fala sobre novas medidas de restrição em Minas

Previous
Next
Previous
Next

Minas

Ao vivo: Zema fala sobre novas medidas de restrição em Minas

Publicado

no dia

O governador Romeu Zema (Novo) e a equipe da Secretaria de Estado de Saúde anunciam novas medidas de enfretamento à pandemia.

Foi anunciado durante a coletiva o acréscimo da ‘onda roxa’ ao protocolo ‘Minas Consciente’, que rege as medidas de restrição da pandemia no Estado. A nova faixa, mais restritiva, inicialmente, se estende às regiões Noroeste e Triângulo, pelo período de 15 dias.

As regiões Triângulo Sul, Norte e parte da Região Sul, que estão na onda vermelha, ficam em observação e podem passar para o nível roxo a depender da evolução da epidemia em suas localidades.

Além das medidas de restrição de atividades e protocolos sanitários já previstas nas três ondas já inclusas no programa – da mais branda para a mais restritiva: onda verde, onda amarela e onda vermelha, a nova faixa deve conter também a restrição de circulação, das 20h às 5h.

Também fica proibida a circulação de pessoas com sintomas de gripe, a não ser em caso de consultas médicas. Apenas serviços essenciais, como postos de combustíveis, delivery de alimentos e supermercados podem funcionar. As aglomerações ficam proibidas em todos os níveis, até mesmo a familiar. Barreiras sanitárias também serão criadas na onda roxa.

A adesão à nova faixa, porém, será compulsória e não opcional como anteriormente.

Publicidade

Educação

Governo de Minas convoca mais de 2 mil aprovados em concurso da educação

Publicado

no dia

Imagem: reprodução/Agência Minas

O Governo de Minas publicou nesta quarta-feira (19/6) a nomeação de 2.082 candidatos aprovados no Concurso Público realizado pela Secretaria de Estado de Educação em 2023 – acesse a lista abaixo.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Entre os contemplados estão 335 Analistas Educacionais (ANE), 271 Técnicos da Educação (TDE), 193 Analistas de Educação Básica (AEB) e 1.283  Assistentes Técnicos de Educação Básica (ATB) para atuar no Órgão Central da SEE/MG, em Belo Horizonte, e nas 47 Superintendências Regionais de Ensino do estado.

> A lista completa pode ser conferida no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais.

A publicação é o primeiro lote do anúncio feito pela SEE/MG para a nomeação dos  novos candidatos aprovados para ingressarem na rede estadual de Minas Gerais, conforme destaca a subsecretária de Gestão de Recursos Humanos, Gláucia Ribeiro.

No mês de julho, serão publicadas as nomeações de quase 4 mil candidatos aprovados dentro do número de vagas do edital. Os candidatos devem ficar atentos às publicações oficiais no Diário Oficial e no site da Fundação Getúlio Vargas, executora do certame, onde todas as informações relevantes serão divulgadas. Além disso, é fundamental acompanhar o Diário Oficial para tomar conhecimento sobre a data da perícia médica.

Sobre o concurso

O concurso público contou com duas etapas: prova objetiva e redação, de caráter eliminatório e classificatório, e avaliação de títulos, de caráter classificatório. Realizado nos dias 22 e 29/10 de 2023, o certame ofereceu oportunidades para diversas carreiras do quadro de pessoal da SEE/MG.

Foram 465 locais de provas, distribuídos em 45 municípios mineiros, incluindo as cidades-sede de cada Superintendência Regional de Ensino (SRE) e Belo Horizonte (SREs Metropolitanas A, B e C).

As vagas foram destinadas para atuação em Unidades de Ensino, Superintendências Regionais de Ensino (SREs), Núcleos de Acolhimento Educacional (NAE), Centros de Referência em Educação Especial Inclusiva (CREI) e Unidade Central.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Minas

Diagnósticos equivocados podem ter inflado epidemia de dengue em Minas

Publicado

no dia

A epidemia de dengue em Minas Gerais, que já registrou 795.820 casos em 2024, pode estar sendo inflada por diagnósticos equivocados. A febre oropouche, confirmada em 72 pessoas neste ano, é suspeita de ter sido confundida com dengue ou chikungunya devido à semelhança dos sintomas, segundo a Secretaria de Estado de Saúde.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, explica que o vírus oropouche pode estar circulando no estado desde o ano passado. “Na região Leste de Minas e no Vale do Aço, onde achávamos que a chikungunya estava vindo muito forte, vimos que boa parte disso é febre oropouche. Provavelmente, esse vírus já estava circulando pelo menos desde o ano passado”, afirmou Baccheretti.

Os sintomas semelhantes, como febre, dor de cabeça e dor nas articulações, dificultaram a distinção entre oropouche, dengue e chikungunya. Isso levou a erros de diagnóstico, que agora estão sendo corrigidos com exames específicos, implementados após estados vizinhos, como Bahia e Espírito Santo, registrarem casos de oropouche.

“É uma doença que tem sintomas muito parecidos com a dengue e, especialmente, a chikungunya, como febre, dor de cabeça e dor nas articulações. Acabava que o diagnóstico, até então, era dado como dengue ou chikungunya”, prosseguiu o secretário.

A partir de agora, esses testes serão incorporados à rotina da secretaria, juntamente com os de dengue e chikungunya, reduzindo a probabilidade de erros futuros. Apesar do aumento nos casos, Baccheretti tranquiliza a população, afirmando que não será necessário reforço na rede hospitalar. “Não há qualquer caso de morte ou paciente em estado grave vinculado a essa doença”, disse ele.

O secretário também ressaltou que a febre oropouche não deve se expandir significativamente, pois, até o momento, não há relatos de transmissão pelo Aedes aegypti. A doença é transmitida por um mosquito comum em áreas de rios, matas e mangues, o que limita sua disseminação em áreas urbanas.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Minas

Ranking: Zema tem terceiro maior salário entre governadores brasileiros

Publicado

no dia

Imagem: Cristiano Machado/Imprensa-MG

O governador Romeu Zema (Novo) tem o terceiro maior salário entre os 27 governadores do Brasil. O político chegou ao posto depois que, em maio de 2023, reajustou seu próprio salário em quase 300%, fazendo seus vencimentos saltarem de R$ 10,5 mil para R$ 39,7 mil neste ano. No ano que vem, um novo reajuste elevará a cifra para R$ 41,8 mil.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O alto salário de Zema voltou ao centro do debate com o reajuste que o seu governo propôs aos servidores do estado: apenas 3,62%, índice menor que a inflação registrada ano passado, de 4,62%. A diferença de tratamento tem deixado os servidores furiosos. A proposta tramita na Aseembleia de Minas e já foi aprovado em primeira votação.

Confira abaixo o ranking de salário dos governadores:

  • Sergipe – Fábio Mitidieri (PSD) – R$ 44.008,52
  • Acre – Gladson Cameli (PP) – R$ 40.137,69
  • Minas Gerais – Romeu Zema (Novo) – R$ 39.717,69
  • Mato Grosso do Sul – Eduardo Riedel (PSDB) – R$ 35.462,27
  • Rondônia – Marcos Rocha (União) – R$ 35.462,22
  • Rio Grande do Sul – Eduardo Leite (PSDB) – R$ 35.462,22
  • Bahia – Jerônimo Rodrigues (PT) – R$ 36.171,46
  • Pará – Helder Barbalho (MDB) – R$ 35.363,55
  • São Paulo – Tarcisio de Freitas (Republicanos) – R$ 34.572,89
  • Roraima – Antonio Denarium (PP) – R$ 34.299,00
  • Amazonas – Wilson Lima (União) – R$ 34.070,00
  • Piauí – Rafael Fonteles (PT) – R$ 33.806,39
  • Paraná – Ratinho Junior (PSD) – R$ 33.763,00
  • Maranhão – Carlos Brandão (PSB) – R$ 33.006,39
  • Amapá – Clecio Luis (Solidariedade) – R$ 33.000,00
  • Paraíba – João Azevedo (PSB) – R$ 32.434,82
  • Espírito Santo – Renato Casagrande (PSB) – R$ 30.971,84
  • Mato Grosso – Mauro Mendes (União) – R$ 30.862,79
  • Distrito Federal (Brasília) – Ibaneis Rocha (MDB) – R$ 29.951,94
  • Alagoas – Paulo Dantas (MDB) – R$ 29.365,63
  • Goiás – Ronaldo Caiado (União) – R$ 29.234,38
  • Tocantins – Wanderlei Barbosa (Republicanos) – R$ 28.070,00
  • Santa Catarina – Jorginho Mello (PL) – R$ 25.322,25
  • Pernambuco – Raquel Lyra (PSDB) – R$ 22.000 (mas ela recebe R$ 42.145,88 como procuradora do estado)
  • Rio Grande do Norte – Fátima Bezerra (PT) – R$ 21.914,76
  • Rio de Janeiro – Claudio Castro (PL) – R$ 21.868,14
  • Ceará – Elmano de Freitas (PT) – R$ 20.629,59

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas