® 2021 Rede Moinho 24 • Notícias de Pouso Alegre e região •

Minas

União Brasil declara apoio a Kalil e Bilac deixa de ser opção para vice de Zema

Publicado

no dia

O presidente do União Brasil, Luciano Bivar, e o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil | Imagens: montagem/divulgação

O União Brasil, partido do deputado federal Bilac Pinto, declarou apoio ao ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) para o governo de Minas. Com isso, Bilac, que já vinha perdendo força para ocupar o posto, foi descartado de vez como possibilidade para vice na chapa de Zema (Novo).

A definição pelo apoio a Kalil foi anunciada pelo presidente da sigla, Luciano Bivar, que é também o pré-candidato da legenda à Presidência da República. A posição do partido foi consolidada em uma reunião com Kalil e outros dirigentes do PSD na tarde de ontem, 13.

A migração do U. Brasil para a campanha de Kalil é a resposta do partido à provável escolha de Zema por Marcelo Aro (PP) para a vaga de vice em sua chapa. Ainda há setores no Novo que advogam pela chapa pura, em uma dobradinha entre Zema e Mateus Simões. Mas a própria debandada do U. Brasil torna a manobra ainda mais improvável.

Dirigentes mineiros desconversam

Apesar de Bivar ter batido o martelo, lideranças do UB mineiro garantem que não tem nada decidido, entre eles Bilac Pinto. “Precisamos dialogar. Estamos buscando a melhor alternativa para o União Brasil”,  disse o deputado ao informar que se reuniria com o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD) para avaliar o impacto de uma possível aliança entre as siglas.

Vale observar, que, apesar de estarem em partidos distintos, Pacheco e Bilac pertencem a um mesmo grupo político com origem e influência no sul e sudoeste mineiro.

Quem também nega que o desfecho já esteja dado é o deputado federal e presidente do UB em Minas, Marcelo Freitas. Ele aponta que a decisão final só será tomada mais à frente. “Nossa decisão final será tomada no momento certo, antes das convenções, tendo como premissas essenciais a integridade partidária e o desempenho político e eleitoral do partido em nosso estado”.

Há ainda uma interpretação alternativa para a manobra do U. Brasil, que é coreografar o movimento para pressionar Zema a indicar Bilac para a vaga de vice. A conferir.

Impactos da adesão do UB a Kalil

A ida do UB para a campanha de Kalil terá impactos consideráveis. O partido é detentor de um fundo partidário bilionário e dará ao ex-prefeito mais tempo de TV. É ainda mais uma demonstração de força de Kalil, que após oficializar o apoio de Lula recebe em suas fileiras a estrutura de um dos maiores partidos do país.

Por outro lado, é bastante provável que uma parte importante dos parlamentares do UB torçam o nariz para aliança. Resultado da fusão entre PSL e DEM, o partido é formado por políticos heterogêneos, incluindo aí bolsonaristas de primeira hora, conservadores e liberais que não gostariam de apoiar uma campanha que terá Lula como seu principal cabo eleitoral.


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Publicidade
Comentários

Emprego

Sejusp abre 3,5 mil vagas para agentes penitenciários em Minas. Veja como se inscrever

Publicado

no dia

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Minas (Sejusp-MG) abriu processo seletivo simplificado para contratar 3.506 agentes penitenciários para atuar em 19 cidades do estado, incluindo Pouso Alegre (178 vagas) e outras cidades do Sul de Minas.

Das 3.506 vagas, 2.953 são destinadas aos homens e 553 para mulheres. O salário previsto no edital é de R$ 5.097 para uma jornada de 40 horas semanais.

As inscrições para o processo seletivo foram abertas nesta quarta-feira, 03, e podem ser feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas, responsável por organizar a seleção, até às 16h do dia 25 de agosto. A taxa de inscrição é de R$ 44,95.

No momento da inscrição, o candidato deverá informar seu CPF e escolher para qual Região Integrada de Segurança Pública deseja concorrer.

> Acesse aqui o edital e o link para se inscrever no processo seletivo

Requisitos mínimos

Para participar do processo seletivo, o candidato deverá atender a alguns requisitos mínimos: ter ensino médio completo ou curso profissionalizante de ensino médio; ter idade mínima de 18 anos na data da assinatura do contrato; estar quite com a justiça eleitoral; não possuir acúmulo de cargos ou outro vínculo empregatício ativo à época da contratação; estar apto física e mentalmente para o exercício da função; estar quite com o serviço militar; ser brasileiro ou gozar das prerrogativas legais correspondentes.

Passo a passo da seleção

O processo seletivo de dividirá em três etapas: prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório; prova de aptidão física, de caráter eliminatório. Essas duas primeiras etapas são coordenadas pela FGV. Por fim, a Sejusp-MF conduzirá uma investigação social, também de caráter eliminatório.

A prova objetiva está marcada para o dia 9 de outubro, das 14h às 18h em locais definidos no edital. Já a avaliação física está prevista para ocorrer no dia 4 de dezembro. Também em dezembro deve ocorrer o processo de investigação criminal.

Confira as cidades com vagas para agente penitenciário:

  • Belo Horizonte: 27 vagas
  • Contagem: 1.035 vagas
  • Poços de Caldas: 382 vagas
  • Ipatinga: 377 vagas
  • Divinópolis: 277 vagas
  • Uberaba: 206 vagas
  • Pouso Alegre: 178 vagas
  • Montes Claros: 159 vagas
  • Uberlândia: 158 vagas
  • Lavras: 135 vagas
  • Curvelo: 135 vagas
  • Juiz de Fora: 89 vagas
  • Governador Valadares: 82 vagas
  • Teófilo Otoni: 81 vagas
  • Vespasiano: 67 vagas
  • Patos de Minas: 65 vagas
  • Sete Lagoas: 22 vagas
  • Barbacena: 22 vagas
  • Unaí: 9 vagas

Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Minas

Pesquisa: Lula e Zema venceriam no 1º turno. Simões é o 3º mais citado para deputado

Publicado

no dia

Imagem: montagem R24/ divulgação

Pesquisa DataTempo divulgada nesta segunda-feira, 25, traz uma radiografia abrangente do processo eleitoral em Minas. O levantamento foi realizado entre os dias 15 e 20 de julho e teve parte de seus dados divulgados nesta segunda, 25, pelo jornal O Tempo.

Segundo a pesquisa, se a eleição fosse hoje, e dependesse apenas dos mineiros, Lula (PT) e Romeu Zema (Novo) seriam eleitos já no primeiro turno.

Na disputa presidencial, Lula aparece com 45,1% das intenções de voto, contra 30% de Bolsonaro (PL). Considerando votos válidos, quando se exclui brancos e nulos, o petista chega a 52,8% dos votos válidos. Veja:

No levantamento para o governo estadual, Zema consolida sua liderança rumo à reeleição. As intenções de voto indicam que ele também poderia ser eleito no primeiro turno. Zema pontua 48,3% contra 23,2% do ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. Em votos válidos, o atual governador chega a 61,2% contra 29,3%.

 

 

Simões entre as maiores intenções de voto para deputado federal

Estreante na disputa por um cargo no Congresso, o ex-prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões (U. Brasil), também aparece na pesquisa do DataTempo, que fez um levantamento para medir os pré-candidatos mais lembrados pelo eleitor. Os entrevistados foram convidados a citar o nome dos deputados sem a apresentação de uma lista com nomes, metodologia conhecida como levantamento espontâneo.

Simões aparece como terceiro pré-candidato mais citado, com 0,4%, empatado com outros cinco candidatos, alguns deles conhecidos por atingir grandes votações: como Cleitinho Azevedo (PSC), Wellington Prado (PROS) e Rogério Correia (PT).

O ex-prefeito está à frente até mesmo do ex-governador Aécio Neves (PSDB), que hoje lidera a corrida para o Senado em Minas.

 

Dados da pesquisa

Pesquisa realizada pelo DATATEMPO com recursos próprios. Os dados foram coletados 15 de julho a 20 de julho de 2022. Foram realizadas 2 mil entrevistas domiciliares. A margem de erro é de 2,19%. O intervalo de confiança é de 95. Ela foi registrada com os números: TSE nº BR 08880 2022 e TRE nº MG 08733 2022.

 


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Minas

Zema anuncia redução do ICMS sobre o etanol em Minas

Publicado

no dia

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou no início da manhã desta segunda-feira, 18, em suas redes sociais, que o ICMS sobre os combustíveis será reduzido de 16% para 9%.

Segundo o político, a medida visa restabelecer a competitividade do insumo após a redução do ICMS sobre a gasolina.

“Além de seguir aliviando o bolso dos mineiros, a redução do imposto manterá a competitividade do biocombustível, importante gerador de empregos em nosso estado”, registrou Zema em seu twitter.

 

Continuar lendo

Mais lidas