® 2021 Rede Moinho 24 • Notícias de Pouso Alegre e região •

Política

Filha de idosa morta em acidente pede retratação e quebra de decoro contra vereador

Publicado

no dia

A cabeleireira Tamara Oliveira Peña, filha da idosa Iraci Peña morta em um acidente de trânsito no início do mês, quer uma retratação do vereador Gilberto Barreiro (PP) e que sua conduta seja avaliada pela Presidência da Câmara como possível quebra de decoro.

Na sessão ordinária de terça-feira, 19, o político minimizou acidentes de trânsito ocorridos em Pouso Alegre, atribuindo as ocorrências ao crescimento acelerado da cidade. Ele ainda sugeriu que Tamara e sua irmã, Renata, que foram à Câmara pedir mais segurança e paz no trânsito, estariam em “estado de choque” e teriam sido levadas à casa por influência de um outro parlamentar.

“O pior de tudo é que o Dr. Edson [Cidadania] trouxe uma mulher aqui em estado de choque, que havia perdido um ente querido (…) a mulher saiu daqui chamando todos de loucos”, discursou da tribuna o parlamentar.

As declarações de Gilberto Barreiro revoltaram as irmãs. “Queremos registrar a nossa manifestação e profundo repúdio à fala do referido vereador Gilberto Barreiro ao qual queremos deixar claro que somos pessoas capazes e instruídas o suficiente para não sermos “levadas” à Câmara Municipal por este ou aquele vereador e muito menos passíveis de sermos “usadas” para embasar discursos distorcidos, inapropriados e oportunistas como, por exemplo, o proferido pelo próprio Vereador Gilberto Barreiro sem qualquer preocupação com os nossos sentimentos ou com o real motivo da nossa presença na Câmara”, registra Tamara em ofício enviado à Câmara de Vereadores.

No documento, ela pede uma retratação do vereador e pede também que a Presidência da Câmara tome providências quanto o que classifica como quebra de decoro de Barreiro.

Gilberto envia ofício se retratando

No início da sessão da Câmara desta terça-feira, 26, o vereador Odair Quincote (Patriota), que presidia a Câmara de forma interina, afirmou que Gilberto Barreiro já havia enviado um ofício à família, se retratando.

A ação foi utilizada como argumento para que o ofício de Tamara não fosse lido na íntegra durante a sessão, apesar de reiterados pedidos dos vereadores Hélio Carlos (MDB) e Dr. Edson. Barreiro não compareceu à sessão desta terça.

Confira a íntegra do ofício enviado por Tamara:

> Ofício enviado à Câmara por Tamara Oliveira Peña

Confira a íntegra do ofício de retratação do vereador:

> Ofício de retratação do vereador Gilberto Barreiro


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Política

Orçamento público de Pouso Alegre é estimado em mais de R$ 1 bilhão para 2023

Publicado

no dia

Desse montante, 977,8 milhões ficam com a Prefeitura para as despesas com serviços públicos e investimentos, outros R$ 26,4 milhões seguirão para a Câmara de Vereadores

A Prefeitura de Pouso Alegre enviou para a Câmara de Vereadores, no final da última semana, o projeto de lei que fixa as despesas e estima o orçamento público municipal para o ano de 2023. O valor estimado é de pouco mais de R$ 1,083 bilhão (R$ 1.083.420.880,00 – um bilhão, oitenta e três milhões, quatrocentos e vinte mil, oitocentos e oitenta reais). O valor estimado é 21,9% maior que o projetado para 2022, que foi de pouco mais de R$ 888,5 milhões.

Do montante projetado para 2023, 977,8 milhões ficam com a Prefeitura para as despesas com serviços públicos, como saúde e educação, e investimentos. Outros R$ 26,4 milhões seguirão para a Câmara de Vereadores e R$ 77 milhões são referentes às receitas destinadas ao Instituto de Previdência dos servidores municipais, o Iprem.

> Confira a íntegra da Lei Orçamentária de Pouso Alegre para 2023


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Política

Rafael Simões, ex-prefeito de Pouso Alegre, é eleito deputado federal

Publicado

no dia

O ex-prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões (UB), foi eleito deputado federal nas eleições gerais deste domingo, 2.

Com 98,2% das urnas apuradas, o político soma 144,2 mil votos em todo o estado. Desse montante, 46,3 mil votos foram obtidos em Pouso Alegre, cidade que governava desde 2017. No início deste ano, ele renunciou ao seu segundo mandato para disputar a vaga na Câmara Federal.

Simões se elegeu tendo como mote principal sua gestão à frente de Pouso Alegre, que vive um excelente momento econômico e recebeu diversas obras de infraestrutura ao longo da gestão do ex-prefeito.

O político se apoiou também no hospital oncológico que está em contrução, anexo ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), ação que contou com verbas da prefeirura em um dos últimos atos de seu mandato antes da renúncia para a disputa das eleições.

Saida de Bilac Pinto

Simões acabou beneficiado também pela desistência do deputado federal Bilac Pinto, seu padrinho político. Bilac chegou a ser cogitado como vice na chapa à reeleição do governador Romeu Zema (Novo), mas acabou não concorrendo a nenhum cargo eletivo.

Nas regiões do Sul de Minas em que Bilac era majoritário, essa parcela do eleitorado migrou para Simões.

Continuar lendo

Minas

Romeu Zema é reeleito para o governo de Minas em primeiro turno

Publicado

no dia

Como apontavam as pesquisas eleitorais, o governador Romeu Zema (Novo) foi reeleito para mais quatro anos à frente do governo do estado.

Com 93,96% das urnas apuradas no estado, Zema somava 56,65% dos votos válidos dados pelos mineiros. Ao todo, o candidato do Novo já obteve mais de 5,7 milhões de voto.

O ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, está com 34,6% dos votos, equivalente a pouco mais de 3,5 milhões de votos.

Continuar lendo

Mais lidas