Assinada ordem de serviço para revitalização do Horto Florestal de Pouso Alegre

Previous
Next
Previous
Next

Política

Assinada ordem de serviço para revitalização do Horto Florestal de Pouso Alegre

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/Ascom/PMPA

O prefeito de Pouso Alegre, Cel. Dimas (Republicanos) assinou, neste sábado, 23, a ordem de serviço para as obras de revitalização do Parque Natural Municipal Fernando Bonillo, conhecido como Horto Florestal.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Entre as obras previstas estão a construção de um restaurante, trilha ecológica, quadras de areia, quiosques no entorno do lago, uma praça de atividades, academia, playground e um centro educacional ambiental.

Estão previstos também a reestruturação de alguns espaços já existentes, como o orquidário, e a ampliação e modernização de outros. Há também a previsão de ampliar as áreas de convivência.

A cerimônia de assinatura ocorreu no parque natural na manhã deste sábado. Além do prefeito, participaram da cerimônia, vereadores, secretários e representantes da comunidade.

“Com esta revitalização, estamos comprometidos em preservar a essência e a beleza deste espaço, respeitando sua condição de reserva ambiental e habitat natural para nossa fauna e flora. Mas também estamos determinados a modernizar e aprimorar suas instalações, tornando-o ainda mais acolhedor e acessível para todos os cidadãos de Pouso Alegre”, disse o prefeito Cel. Dimas durante a cerimônia.

Veja o vídeo de divulgação da Prefeitura:

 

Lançamento do Refloresta PA

O evento no Horto foi reservado a um segundo lançamento, o do programa Refloresta PA. A proposta pretende incentivar o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica e a recuperação de áreas degradadas em Pouso Alegre.

A meta é plantar cerca de 9 mil mudas em 6 hectares de vegetação do município em parceria com pessoas físicas e jurídicas. Para participar do programa, os interessados devem acessar o site da Prefeitura, acessar a aba ‘Editais’ e acessar o edital de chamamento público do programa, que estabelece as regras para adesão ao programa.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Política

Operação no Sul de Minas e São Paulo mira esquema que desviou milhões da Saúde

Publicado

no dia

Imagem: reprodução

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou nesta sexta, 24, a operação Resgate, com o objetivo de aprofundar as investigações acerca de um grupo criminoso que movimentou pelo menos R$ 17 milhões em desvios de recursos da saúde pública.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Alfenas e Fama, no Sul de Minas, e Ubatuba e Limeira, em São Paulo. As ordens judiciais contra os suspeitos abarcam cinco prisões preventivas, 12 mandados de busca e apreensão, sequestro e arresto de ativos (R$ 15 milhões), imóveis, carros, motocicletas, jet-skis, lanchas e outras embarcações utilizadas pelo grupo criminoso.

De acordo com o MP, o suposto esquema envolve, até o momento, 15 pessoas, organizações da sociedade civil (OSC) e empresas. Os indícios apontam para utilização de ‘laranjas’ e empresas com intuito de desviar recursos, dissimular e ocultar os reais beneficiários dos crimes, movimentando mais de R$ 17 milhões, nos estados de Minas Gerais e São Paulo.

Operação conjunta mobilizou diversas foças

A operação contra o suposto grupo criminoso envolveu diversas forças de investigação e de segurança.  Ela foi foi deflagrada a partir da atuação da 6ª Promotoria de Justiça de Alfenas, com apoio do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Ordem Econômica e Tributária (Caoet), por meio da Coordenadoria Estadual de Rastreamento de Ativos e Combate à Lavagem de Dinheiro (Cora-LD), com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Passos e Varginha e do Gaeco de São Paulo, Polícia Militar e Polícia Civil.

Participaram das atividades desta sexta-feira: dez promotores de Justiça, cinco servidores do MPMG, dois delegados, 13 policiais civis e 50 policiais militares.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Política

Prefeitura inaugura Centro Integrado de Defesa Social na próxima segunda

Publicado

no dia

Imagem: Ilustração/Pixabay

A Prefeitura de Pouso Alegre (MG) inaugura na próxima segunda-feira, 27, o Centro Integrado de Defesa Social. O prédio vai funcionar na região central da cidade e contará com uma central de comando que vai captar imagens registradas por 174 câmeras espalhadas por todas as regiões do município.

> Confira o especial Eleições 2024
> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O centro já havia sido anunciado pelo prefeito Cel. Dimas (Republicanos) durante o lançamento de sua pré-candidatura à reeleição, reforçando a segurança pública como um dos motes de sua plataforma eleitoral. Cel. Dimas classificou a medida como sendo “uma muralha de proteção da cidade”.

Volta da Guarda Municipal

A criação do Centro Integrado de Defesa Social se soma a outra medida de impacto anunciada pelo atual prefeito para o setor. Também no lançamento de sua pré-candidatura, ele afirmou que já determinou a elaboração de um edital para recriação da Guarda Municipal.

Segundo ele, a corporação estará de volta com a missão de aumentar a sensação de segurança dos moradores especialmente em praças e parques públicos.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Minas

‘Zema caloteiro’: por aumento real de salario, policiais  protestam em Pouso Alegre

Publicado

no dia

Manifestações se repetiram em diversas cidades de Minas. Na imagem, manifestação em Pouso Alegre (à esq.) e na ALMG, em Belo Horizonte (à dir.) | Imagens: reprodução de redes sociais

Os servidores estaduais seguem demonstrando sua insatisfação com a proposta de recomposição salarial apresentada pelo governo Zema, de 3,62%.

Reverberando atos realizados em outras cidades mineiras, nesta terça-feira, 21, policiais civis, militares, penais e bombeiros, ativos e inativos, se reuniram no centro de Pouso Alegre para protestar contra o reajuste e exigir um aumento maior. A categoria também se insurge contra proposta do governo Zema de aumentar a contribuição previdenciária dos militares (veja vídeo a seguir).

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O ato em Pouso Alegre reuniu agentes das forças de toda a região e se concentrou na Praça Senador José Bento e percorreu algumas ruas centrais, passando em frente aos prédios da Polícia Militar e da Polícia Civil.

A classe alega que este pode ser o oitavo ano sem aumento real de salário. Para piorar, o reajuste proposto por Zema, de 3,62%, é inferior à inflação registrada em 2023, quando o índice ficou em 4,62%.

A relação das forças de segurança com o governo Zema, que nunca foram tranquilas, voltam a se deteriorar. A medida da insatisfação da categoria ficou evidente nas palavras de ordem entoadas pelo centro de Pouso Alegre. Um aviso: “A policia vai parar”; e uma ofensa: “Zema caloteiro, devolve o meu dinheiro”.

Em um vídeo que ganhou as redes sociais, um manifestante compara o reajuste que Zema deu ao próprio salário e o que está oferecendo aos servidores: “298% de aumento pra ele e 3,62% pra quem vai pra rua atrás de bandido, né”, aponta o manifestante revoltado.

Proposta de reajuste passa em primeira comissão da Assembleia

Apesar da enorme pressão feita pelos servidores, a proposta de reajuste do governo Zema foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG).

Para ser aprovado, o texto ainda terá que passar pelas comissões de Administração Pública e de Fiscalização Financeira e Orçamentária, para só então ir ao plenário, onde será votada em dois turnos.

A votação na CCJ se deu em meio a protestos dos servidores estaduais, que estiveram na assembleia para acompanhar a votação.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas