® 2021 Rede Moinho 24 • Notícias de Pouso Alegre e região •

Economia

Minaspetro afirma que crise global pode gerar desabastecimento de diesel

Publicado

no dia

O representante dos postos de combustíveis em Minas Gerais, o Minaspetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo de Minas Gerais), afirmou nesta quinta-feira, 24, que a crise global pode gerar desabastecimento de diesel em Minas e em todo país. O problema seria provocado pela dificuldade de importação do combustível em meio à crise geopolítica provocada pela guerra da Ucrânia.

“A Petrobras está com o fornecimento atual de 80% da demanda e [confirmamos] que a situação com relação ao diesel deve se agravar ainda mais no mês de abril. Os 20% restantes para atender a demanda interna deveriam ser supridos por combustível importado, contudo, devido à atual crise global, as empresas importadoras não estão trazendo o produto do exterior”, afirma um trecho da nota.

A situação não é simples. A alta do petróleo estaria inviabilizando toda a logística de importação. “Com o atual valor do preço do petróleo e câmbio, a compra de um navio gera um prejuízo de mais de R$ 100 milhões. As companhias relataram, inclusive, que estão tendo dificuldades para atender suas redes contratadas”, afirma o Minaspetro.

A recomendação do sindicato é que os postos de combustíveis, em especial aqueles que possuem marca própria, mantenham seus estoques dentro da margem de segurança, com atenção especial voltada para o mês de abril.

Confira a íntegra da nota divulgada pelo Minaspetro:

A Diretoria do Minaspetro se reuniu com representantes das principais companhias distribuidoras do Brasil e recebeu um status atualizado sobre o fornecimento de combustíveis em Minas Gerais, sobretudo do diesel.

O Sindicato foi informado que a Petrobras está com o fornecimento atual de 80% da demanda e que a situação com relação ao diesel deve se agravar ainda mais no mês de abril. Os 20% restantes para atender a demanda interna deveriam ser supridos por combustível importado, contudo, devido à atual crise global, as empresas importadoras não estão trazendo o produto do exterior.

Segundo os representantes das companhias, com o atual valor do preço do petróleo e câmbio, a compra de um navio gera um prejuízo de mais de R$ 100 milhões. As companhias relataram, inclusive, que estão tendo dificuldades para atender suas redes contratadas.

Portanto, diante da situação, o Minaspetro faz o alerta para que os revendedores, principalmente os de Marca Própria, mantenham os estoques do diesel dentro da margem de segurança e sigam em contato direto com as distribuidoras, para que os impactos da crise sejam minimizados no mês que vem.


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Publicidade

Economia

General Mills seleciona profissionais para fábrica de Pouso Alegre nesta quarta

Publicado

no dia

A gigante multinacional de alimentos General Mills faz uma seleção para contratação de profissionais que irão atuar em sua planta de Pouso Alegre (MG) nesta quarta-feira, 25.

O processo seletivo será feito a partir das 8h, no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), que fica na Câmara Municipal da cidade, na Avenida São Francisco, 320, no bairro Primavera.

Para participar da seleção basta comparecer ao local, no horário informado, levando currículo profissional e documentos pessoais.

As vagas em aberto são para atuar como:

  • operador de caldeira;
  • operador de empilhadeira;
  • auxiliar de produção;
  • analista de qualidade;
  • jovem aprendiz e PCD.

Processo seletivo ocorre na Câmara Municipal | Foto: divulgação


Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Economia

Mais 300 empregos: Pouso Alegre deve sediar duas unidades do Mineirão Atacarejo

Publicado

no dia

Fachada de unidade do Mineirão Atacarejo | Foto: divulgação

A DMA Distribuidora S/A, uma das maiores empresas de varejo alimentício de Minas Gerais, anunciou a intenção de construir duas unidades do Mineirão Atacarejo, em Pouso Alegre (MG). A expectativa é que os novos empreendimentos gerem cerca de 300 empregos diretos.

A informação foi confitmada pelo prefeito Cel. Dimas (PSDB).

“Estive nesta quarta-feira, 4, em Santa Rita do Sapucaí para a inauguração da Epa Supermercados, que pertence a DMA, assim como o Brasil Atacarejo e Mineirão Atacarejo. Em conversa com os donos da empresa, recebi essa ótima notícia para nossa Pouso Alegre. A DMA conta com mais de 20 mil colaboradores e, em breve, Pouso Alegre fará parte desse time”, afirmou o político.

Atualmente, a DMA conta com 170 unidades, sendo 113 lojas Epa Plus em Minas Gerais e 19 no Espírito Santo; 35 unidades Mineirão Atacarejo em Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Maranhão, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia e Acre.

Continuar lendo

Economia

Empresas de Santa Rita do Sapucaí firmam protocolo para geração de 500 vagas

Publicado

no dia

Imagem aérea de Santa Rita do Sapucaí | Imagem: divulgação

Um conjunto de sete empresas já instaladas em Santa Rita do Sapucaí (MG) firmaram protocolo de intenções que preveem a geração de mais 500 postos diretos de trabalho ao longo dos próximos dois anos. O termo de compromisso prevê ainda investimentos da ordem de R$ 20 milhões.

Para consumar os investimentos e a geração de empregos, as empresas pleiteiam junto à prefeitura local a doação de lotes para construção de novas plantas ou expansão das já existentes.

O município está preparando projetos de lei que serão enviados à Câmara de Vereadores para aprovar as doações. As empresas que pedem o incentivo são: a Serigráfica Santana, Medmax, Ventrix , Neomera, 4inteligence, Think Technology e Plastfer.

A doação das áreas às empresas já instaladas no município só é possível porque Santa Rita do Sapucaí é uma das poucas cidades que possuem lei municipal que amparam esse tipo de incentivo. Em geral, as legislações permitem doações a empresas que estão de chegada aos municípios.

“São empresas criadas em nossa cidade, com empreendedores locais ou que formados nas nossas instituições acadêmicas aqui escolheram iniciar seus empreendimentos através das incubadoras. Temos um plano de desenvolvimento através da geração de empresas de qualidade, de apoio às empresas já instaladas e de atração de novas empresas”, aponta o prefeito Wander Wilson Chaves (DEM).


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Continuar lendo

Mais lidas