Mais 500 vagas: empresa de eletrodomésticos anuncia fábrica em Pouso Alegre

Economia

Mais 500 vagas: empresa de eletrodomésticos anuncia fábrica em Pouso Alegre

Publicado

no dia

A Prefeitura de Pouso Alegre (MG) anunciou na manhã desta quinta-feira, 24, a chegada ao município da multinacional chinesa Midea Group, uma das maiores fabricantes de eletrodomésticos do mundo.

A empresa deve construir sua planta, para produção de refrigeradores, em um terreno de 200 mil metros quadrados, no bairro Algodão.

A expectativa é que sejam gerados até 500 empregos diretos e que a fábrica pouso-alegrense atinja o faturamento anual de R$ 700 milhões. Os valores do investimento na planta não foram revelados.

O anúncio do investimento foi feito em coletiva de imprensa pelo prefeito Rafael Simões (União Brasil), ao lado do vice-prefeito Dimas Fonseca (PSDB) e do deputado estadual Dr. Paulo (Patri).

A coletiva contou com a participação vitual do governador Romeu Zema (Novo).

Data de início das obras e cronograma de operação não são revelados

De acordo com o prefeito Rafael Simões, as negociações para a vinda da empresa levaram cerca de um ano. Ele disse não poder revelar o valor que será investido pela empresa para a construção da planta.

Também não foram revelados durante a coletiva o cronograma para início das obras da fábrica e de sua operação. “A empresa quer iniciar o mais rápido possível”, afirmou Simões, alegando, no entanto, processos burocráticos como as liberações ambientais tornariam a previsão incerta. Ele garantiu, no entanto, que “a ideia é começar ainda este ano a construção da fábrica”.

Simões se emociona

O prefeito Rafael Simões, que deixa o cargo no próximo domingo para concorrer a deputado federal, se emocionou ao falar do que pode ter sido seu último grande anúncio à frente do executivo municipal.


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Economia

Unilever investe R$ 80 milhões para ampliar produção da Hellmann’s em Pouso Alegre

Publicado

no dia

Imagem: Gil Leonard/Imprensa MG

A multinacional de alimentos Unilever anunciou que vai investir mais R$ 80 milhões para ampliar a produção da Hellmann’s em sua fábrica de Pouso Alegre. O aporte fará surgir na planta mais uma linha de produção da maionese que está entre as mais consumidas do Brasil.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

De acordo com a empresa, que está em Pouso Alegre desde os anos de 1970, os recursos permitirão que a operação tenha um aumento de dois dígitos na capacidade de produção quando as obras estiverem finalizadas, em maio de 2025. Atualmente, a Unilever emprega 1,1 mil profissionais, sendo 800 funcionários diretos e 300 indiretos.

O anúncio sobre o investimento foi feito durante uma visita do vice-governador, Professor Mateus Simões (novo), nesta segunda-feira, 19. O político conheceu as instalações da fábrica, ao lado do prefeito de Pouso Alegre, José Dimas. No local, eles puderam observar a produção da maior operação de alimentos da companhia na América Latina.

Segundo a Unilever, nos últimos três anos, a divisão de nutrição da empresa – que tem marcas como Hellmann’s, Knorr, Mãe Terra e Maizena, entre outras – registrou crescimento de mais de 50%, com destaque para a marca Hellmann’s, que dobrou de tamanho no mesmo período.

Edmundo Mollo, diretor da fábrica de Pouso Alegre, aponta que a expansão é um ganho para todo o Sul de Minas.

“O aporte está relacionado a nossa prioridade de atender ao potencial de consumo do mercado. Com o aumento da capacidade produtiva, nos estruturamos para acompanhar o crescimento da marca Hellmann’s no Brasil e seguir gerando cada vez mais benefícios ambientais e socioeconômicos para a região. A fábrica de Pouso Alegre, além de ser responsável pela fabricação das principais marcas de alimentos da Unilever, ainda é referência em ações sustentáveis”, afirmou.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Economia

Bilionária, arrecadação de Pouso Alegre mais que triplica em oito anos

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/montagem

A arrecadação do município de Pouso Alegre (MG) mais que triplicou em oito anos. De 2015 a 2023, o bolo arrecadado entre tributos municipais e transferências dos governos federal e estadual saltou de R$ 331,8 milhões para R$ 1,127 bilhão, um aumento de 239,7%, muito acima da inflação oficial (IPCA) do período, calculada em 66,8% pelo IBGE.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Com a arrecadação em alta, os últimos anos foram todos marcados por superávit. Em outras palavras, o município gastou menos do que arrecadou, gerando uma sobra de caixa que, atualmente, supera os R$ 500 milhões, segundo a Secretaria Municipal de Finanças.

Veja o gráfico abaixo:

Sobra no caixa

No levantamento feito pelo R24, com dados do Portal da Transparência, fica claro como tem sido o fluxo de caixa do município. Na segunda coluna, está registrada toda a receita arrecada pelo município ao longo de um ano; na terceira, os gastos assumidos e liquidados, ou seja, os pagamentos efetivados ao longo daquele mesmo ano. E, na última coluna, a diferença entre o que foi arrecadado e o que foi gasto.

Desde 2018, que é a entrada mais antiga disponível no Portal da Transparência, o município nunca gastou mais do que arrecadou. O destaque vai para o ano de 2022, quando a diferença positiva alcançou a cifra de R$ 163,1 milhões.

Ano Arrecadação no período Liquidado Diferença
2023 R$ 1,127 bilhão R$ 1,106 bilhão R$ 20,8 milhões
2022 R$ 1,063 bilhão R$ 900,6 milhões R$ 163,1 milhões
2021 R$ 875,7 milhões R$ 743 milhões R$ 132,6 milhões
2020 R$ 750,3 milhões R$ 629,3 milhões R$ 120,9 milhões
2019 R$ 638,9 milhões R$ 526,4 milhões R$ 112,4 milhões
2018 R$ 537,8 milhões R$ 471,7 milhões R$ 66,1 milhões

Para onde vai toda essa grana?

Em geral, a sobra de caixa tem sido aplicada especialmente em obras de infraestrutura. Para 2024, por exemplo, o orçamento previsto é de R$ 1,25 bilhão. Saúde e Educação, cuja maior parte da verba é carimbada para custeios e investimentos específicos, detêm mais da metade do bolo, com cerca de R$ 600 milhões. Em seguida, a pasta com o terceiro maior orçamento é a de Obras e Infraestrutura, que terá à sua disposição R$ 215 milhões (veja o orçamento de cada pasta aqui).

Para o secretário de Finanças, Silvestre Cândido de Souza Turbino, a saúde dos cofres públicos é o reflexo de políticas de atração de investimentos que o município tem adotado. “Pouso Alegre tem sido destaque nos últimos anos em crescimento e geração de renda no sul de Minas Gerais, sua expansão industrial e comercial está acima da média estadual e nacional, fruto de uma gestão técnica, sólida, austera e visionária”, considera.

Na avaliação dele, especialmente na adversidade, o município tem se provado um ponto fora da curva. Para se ter uma ideia, em 2023, conseguiu manter o ritmo de crescimento da arrecadação quando a maior parte das prefeituras viram suas receitas frustradas, seja por conta do impacto da redução da alíquota de ICMS sobre os combustíveis em 2022, seja pelo crescimento populacional aquém do esperado no Censo, posições que impactaram fortemente fontes primárias da arrecadação das cidades de pequeno e médio porte como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Na contramão do cenário nacional, o Município de Pouso Alegre deu continuidade a todas as obras em andamento, iniciou novas obras, e ainda assim fechou o ano passado com superávit, o que contribuiu para o caixa do Município, que atualmente supera meio bilhão de reais”, aponta o secretário.

O desafio, agora, é canalizar toda essa receita para obras e serviços de qualidade, que atendam com eficiência as necessidades da população. Para além do controle das contas, o secretário defende que a despesa não deve ser “vilanizada, pois enquadra nessa categoria investimentos, que possuem a aptidão de gerar mais renda”, propõe. Ele ainda aponta para a necessidade de entregar serviços de qualidade à população e focar esforços em investimentos capazes de garantir um futuro mais próspero para todos.

Perfil empresarial

Na avaliação do secretário de Desenvolvimento Econômico, José Carlos, uma das características que têm impulsionado o aumento da arrecadação do município é seu perfil empresarial. Ele lembra, por exemplo, que boa parte do Produto Interno Bruto (PIB) local vem dos setores de serviços e indústria. “A gente percebe que a cidade tem um viés empresarial muito forte. Desse R$ 1 bilhão [da arrecadação municipal], praticamente 30% vem do ICMS”, aponta.

O secretário conversou com o R24 nesta quarta-feira, 31. No bate papo registrado em vídeo, ele fez um balanço dos investimentos privados de cerca de R$ 1 bilhão feitos no município ao longo de 2023 e traçou algumas perspectivas para o ano de 2024. O resultado da conversa você vai conferir nesta quinta-feira, 01.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Economia

Número de empresas em Pouso Alegre mais que dobrou desde 2019

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/Ascom/PMPA

O número de empresas abertas em Pouso Alegre mais que dobrou desde 2019. Os dados foram divulgados esta semana  pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp

Entre os anos de 2019 e 2023, a cidade saltou de 2.217 empresas abertas para 4.640 em 2023, um aumento de mais de 109%. Também registrou avanço o número de microempresas, que passou de 733 para 1.447 (+97,4%); e o número de microempreendedores individuais, que saltaram de 1.484 para 3.193 (+115%).

O crescimento acelerado no ramo empresarial explica o desempenho da cidade no mercado de trabalho. Os dados divulgados pelo Caged até novembro de 2023, por exemplo, colocam Pouso Alegre como maior empregadora do Sul de Minas no acumulado dos últimos 12 meses. No período, o município criou 3,1 mil novas vagas e chegou a um total de 55.837 trabalhadores com carteira assinada.

O prefeito Cel. Dimas (PSDB) atribuiu o avanço de CNPJs abertos ao processo de desburocratização colocado em prática pela Prefeitura.

“A desburocratização é uma peça fundamental no quebra-cabeça do desenvolvimento econômico. Sabemos que temos pontos que precisam melhorar, estamos trabalhando para continuarmos avançando nesse quesito para criar oportunidades ainda mais amplas para investidores e empreendedores locais”, anotou o político em um trecho do comunicado distribuído à imprensa pelo departamento de comunicação do município.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, José Carlos, lembra que, além da desburocratização, a confiança dos empresários no município é crescente.

“Os números refletem não apenas a quantidade, mas a confiança dos empresários em nosso município. Estamos comprometidos em continuar implementando medidas que facilitem a vida dos empreendedores, promovendo o desenvolvimento econômico sustentável”, avaliou.

Confira a evolução do número de empresas na cidade, ano a ano e por categoria:

– Total de Novas Empresas:
– 2019: 2.217
– 2020: 2.279
– 2021: 2.730
– 2022: 3.683
– 2023: 4.640

– Microempresa (ME), Empresa de Pequeno Porte (EPP) e Demais:
– 2019: 733
– 2020: 652
– 2021: 938
– 2022: 1.457
– 2023: 1.447

– Microempreendedor Individual (MEI):
– 2019: 1.484
– 2020: 1.627
– 2021: 1.792
– 2022: 2.226
– 2023: 3.193

Fonte: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas