Mary Hellen consegue perdão real e reduz pena por tráfico na Tailândia

Previous
Next
Previous
Next

Cotidiano

Mary Hellen consegue perdão real e reduz pena por tráfico na Tailândia

Publicado

no dia

A jovem Mary Hellen Coelho | Foto: reprodução de redes sociais

Mary Hellen Coelho Silva, jovem pouso-alegrense condenada por tráfico internacional de drogas na Tailândia, obteve uma vitória judicial que deve encurtar sua passagem pela prisão no país no Sudeste Asiático. A brasileira conseguiu o perdão real da multa da condenação civil e redução da pena, que antes poderia superar os 11 anos, para 7 anos e seis meses.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

A conquista, divulgada pela defesa da jovem, representa um alento para Mary Hellen e sua família, que acompanham com apreensão o caso desde a sua prisão em fevereiro de 2022. Na ocasião, ela e outro brasileiro foram detidos no aeroporto de Bangkok com 9 quilos de cocaína escondidos em suas malas.

O perdão real, concedido em razão do bom comportamento de Mary Hellen e sua participação em atividades extras na prisão, isenta-a do pagamento da multa de 750 mil Baht, equivalente a cerca de R$ 105 mil. Além disso, a redução da pena significa que ela poderá cumprir menos tempo encarcerada.

“Isso se deu ao bom comportamento dela e a participação em atividades extras na prisão. Mary Hellen tem uma boa relação com a unidade prisional e sempre que pode participa de atividades extras”, explicou a advogada Kaelly Cavoli Moreira ao portal G1.

Caminho para a liberdade total?

Apesar da conquista do perdão real da multa e da redução da pena, Mary Hellen ainda permanece presa na Tailândia. No entanto, a defesa da jovem não desiste e busca o perdão total da pena, o que pode acontecer após o mês de julho, durante as comemorações do aniversário do rei, quando tradicionalmente são concedidos benefícios a pessoas presas com bom comportamento.

“A defesa está monitorando a possibilidade de perdão real em relação ao tempo de pena, o que tradicionalmente é possível no aniversário do rei, quando acontece uma celebração que avalia e beneficia as pessoas presas com bom comportamento. Encaminhamos a documentação pertinente e há confiança de que sua situação carcerária será reavaliada favoravelmente”, explicou a advogada.

Condições na prisão e contato com a família

Segundo a advogada, Mary Hellen está em uma prisão feminina com boas condições humanitárias. Durante o período em que está presa, ela se dedica a aprender inglês e tailandês, e mantém contato com a família no Brasil. Para suprir suas necessidades básicas, recebe um pequeno auxílio financeiro mensal da embaixada brasileira.

Relembre o caso

Mary Hellen e outros dois brasileiros foram presos em fevereiro de 2022 com 9 kg de cocaína escondidos em suas malas no aeroporto de Bangkok. A droga estava dividida em três partes: 9 kg com Mary Hellen e outro brasileiro, e 6 kg com um terceiro suspeito preso horas depois. Os três foram indiciados por tráfico internacional de drogas.

A jovem se declarou culpada e confessou ter sido “mula” do tráfico. A pena máxima para o crime na Tailândia é de 15 anos de prisão.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Cotidiano

Mulher é autuada em flagrante por comprar casal de jabutis pelos Correios

Publicado

no dia

Policiais encontraram casal de jabutis em uma caixa | Imagem: divulgação/PC

Ouro Fino, MG – No Dia Nacional do Jabuti, comemorado nesta quinta-feira (23/5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), com apoio da Polícia Militar, autuou em flagrante uma mulher de 29 anos por adquirir um casal da espécie pelos Correios. O caso aconteceu em Ouro Fino, no Sul de Minas.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Após receber denúncias, a equipe da Delegacia de Ouro Fino, junto com policiais militares, se dirigiu à casa da suspeita, no bairro do Alto. Durante as diligências, os agentes encontraram os dois jabutis em uma caixa.

A investigação apurou que a mulher adquiriu os jabutis de um vendedor em Mauá, no interior de São Paulo. Em depoimento, ela alegou que não sabia da ilegalidade de comprar os filhotes dessa forma.

Por se tratar de crimes de menor potencial ofensivo, a mulher foi ouvida e liberada, mediante compromisso de comparecer aos atos policiais e judiciais.

Leis que protegem a fauna silvestre

A Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/1998) criminaliza a compra, venda, transporte e porte de animais silvestres sem autorização do órgão ambiental competente. A pena para esse tipo de crime pode chegar a cinco anos de prisão e multa.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Suspeito de assaltar comércio a mão armada é preso em flagrante pela PM

Publicado

no dia

Na tarde desta quinta-feira (23), a Polícia Militar de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 27 anos suspeito de assaltar um comércio no bairro Guanabara, nas proximidades da região central de Pouso Alegre (MG). O crime aconteceu por volta das 16h30.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Após ser acionada pela vítima, uma mulher de 61 anos, funcionária do local, a PM iniciou buscas na região e localizou o suspeito, que se encaixava nas características repassadas. Ao ser apresentado à vítima, ela o reconheceu como o autor do assalto.

Segundo a vítima contou à PM, o homem chegou ao local se apresentando, inicialmente, como cliente. “Após alguns questionamentos, exibiu uma arma de fogo e exigiu todo o numerário que se encontrava no caixa do estabelecimento. Após a subtração dos valores, evadiu a pé”, registra o informe da polícia.

De acordo com a PM, o autor foi preso em flagrante por roubo e encaminhado à delegacia de Polícia Civil para os trâmites legais.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Mulher é presa com 7 quilos de maconha em ônibus na Fernão Dias

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/PRF

Uma jovem de 22 anos foi presa nesta quarta-feira, 22, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 871 da Fernão Dias, em Pouso Alegre com 7 quilos de maconha. Ela seguia em um ônibus da Viação Santa Cruz, que fazia a linha São Paulo a Itajubá.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

A prisão ocorreu durante uma fiscalização de rotina da PRF. Os agentes localizaram a droga dentro de uma mochila pertencente à passageira. Questionada, ela confessou que estava levando a droga para a cidade de Itajubá e que receberia R$ 700 pelo transporte.

A PRF informou que a mulher foi encaminhada, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil de Pouso Alegre, onde a ocorrência foi formalizada.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas