Mais de 60 bairros passam o fim de semana sem água em Pouso Alegre

Cotidiano

Mais de 60 bairros passam o fim de semana sem água em Pouso Alegre

Publicado

no dia

Imagem: ilustração/Agência Brasil

Abastecimento começou a ser normalizado ao longo desta segunda-feira, de acordo com a Copasa

Mais de 60 bairros passaram o fim de semana sem água em Pouso Alegre. O desabastecimento afetou especialmente a região sul da cidade, na faixa que vai do bairro São Geraldo ao Morumbi.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Sem água, muitas famílias sequer conseguiram limpar suas casas, invadidas pelas águas do temporal histórico de quinta-feira, 22. Moradores de bairros como o Morumbi apontam que ficaram sem água desde a quinta-feira. Em outras localidades, o desabastecimento começou ao longo da sexta e do sábado.

De acordo com a Copasa, a tempestade teria deixado a água muito turva, dificultando seu tratamento. A previsão era que o abastecimento voltaria ao normal na noite de terça-feira, 27. Mas, em reunião com o prefeito Cel. Dimas (Republicanos) nesta segunda, a diretoria local da companhia afirmou que o abastecimento está sendo normalizado ao longo da noite desta segunda-feira.

O novo episódio de falta d’água em um fim de semana volta a desnudar a incapacidade da Copasa em atender a demanda por água na cidade. Há anos sem investir na ampliação de sua estrutura, a empresa não conseguiu acompanhar o crescimento da cidade e opera no limite. Qualquer contratempo afeta imediatamente o abastecimento aos consumidores locais. Agora corre contra o tempo para fazer investimentos que deveriam ter sido feitos anos atrás.

Veja a seguir tudo o que se sabe sobre a crise da Copasa:

1. Copasa opera no limite de sua capacidade

Embora conhecesse a curva de crescimento da demanda por abastecimento de água em Pouso Alegre, a Copasa optou por não fazer investimentos na ampliação da coleta, tratamento e armazenamento de água em Pouso Alegre.

Com sua rede de abastecimento defasada, a Companhia opera hoje no limite de sua capacidade, o que leva à falta d’água em grandes regiões da cidade na ocorrência de qualquer imprevisto, como tempestades, quedas de energia e furtos de cabos elétricos.

2. Empresa promete investimentos de R$ 60 milhões

Emparedada, a companhia anunciou no final de 2023 que pretende investir R$ 60 milhões em obras de ampliação de sua rede de coleta, tratamento e armazenamento de água, ampliando consideravelmente a produção de água na cidade.

A previsão é que as obras tenham início no primeiro trimestre deste ano e se estendam por 36 meses. Até lá, é provável que novos casos de falta d’água afetem os moradores.

A principal ampliação se daria na Estação de Tratamento de Água do Chapadão, responsável por atender a região sul. Ela passaria a produzir 300 litros de água por segundo, mais que dobrando a capacidade atual que é de 138 litros.

A cidade ainda passaria a contar com mais cinco reservatórios de água em pontos estratégicos e teria automatizado o controle do nível de água desses reservatórios para acompanhamento em tempo real.

Essas medidas, de acordo com a Copasa, seriam suficientes para atender a demanda de Pouso Alegre até o final do atual contrato de concessão, que segue até o ano de 2046.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Cotidiano

Comerciante assaltado quando chegava em casa com o filho usa facão para reagir

Publicado

no dia

Imagem: reprodução

Momentos de pânico e medo tomaram conta de uma família na tarde da última sexta-feira (19), em Pouso Alegre (MG). Câmeras de segurança registraram a ação de dois assaltantes que renderam pai, filho quando eles chegavam em casa.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

As imagens, divulgadas na segunda-feira (22), mostram um comerciante de 43 anos retornando do trabalho com o filho de 11, quando ele se depara com os criminosos em uma moto. Armada, a dupla rende pai e filho.

Um dos bandidos entra no veículo, pega o controle e abre o portão eletrônico, para então invadir a casa, levando consigo a criança. O outro criminoso permanece do lado de fora com o comerciante, que tenta reagir ao assalto. A situação se intensifica quando o suspeito o empurra e aponta a arma. A vítima pega um facão que estava no carro e reage.

Os dois avançam e recuam um sobre o outro. O assaltante dispara algumas vezes, mas não consegue acertar o comerciante. O outro criminoso sai da casa e, juntos, os dois fogem na moto.

De acordo com a Polícia Militar, a irmã do comerciante também estava na casa e foi rendida pelo assaltante armado durante o crime. Os bandidos levaram dinheiro, um colar e um par de brincos de ouro da família.

Um dos suspeitos, já conhecido da polícia, foi identificado. A PM segue em busca dos dois assaltantes.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Operação policial faz buscas na casa de suspeitos de saques na Fernão Dias

Publicado

no dia

Policiais encontram produtos na casa de suspeitos de realizarem diversos saques na Fernão Dias | Foto: PRF

Saqueadores que atuam na Fernão Dias, especialmente se aproveitando de acidentes envolvendo veículos de transporte de carga, estão na mira das autoridades no Sul de Minas.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Nesta terça-feira, 23, uma operação conjunta das polícias Civil, Militar e Rodoviária cumpriu mandato de busca e apreensão na cidade de Extrema.

As investigações levaram os policiais até a residência de dois homens suspeitos de saquearem cargas durante acidentes ocorridos na rodovia. Na casa, as autoridades encontraram diversos produtos que podem ser furtos dos saques.

Dentre os produtos apreendidos, estão um simulacro de arma de fogo (pistola de airsoft), celulares, luminárias, produtos de limpeza, shampoos, diversos pares de meias, cuecas, películas de celular, pares de sandálias, led spot, baralhos, aromatizante de carro, dentre outros.

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Extrema, onde o caso está sendo investigado.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

PRF prende saqueador de carga que se aproveitou de acidente na Fernão Dias

Publicado

no dia

A Polícia Rodoviária Federal prendeu nesta segunda-feira, 22, um homem de 53 anos suspeito de furtar a carga de uma carreta que transportava kits de acessórios para banheiro – veja vídeo a seguir.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

O saque ocorreu no quilômetro 903 da Fernão Dias, nos limites do município de Cambuí (MG). A carreta, que partiu de Santa Catarina com destino à Bahia, tombou em uma curva depois que seu condutor perdeu o controle da direção.

O saqueador, que estava a pé, aproveitou o acidente para agir, mas ele acabou preso quando a PRF chegava para atender o acidente. O autor foi encaminhado, junto do material furtado e da vítima, para a delegacia de Polícia Civil de Cambuí, onde a ocorrência foi encerrada.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas