® 2021 Rede Moinho 24 • Notícias de Pouso Alegre e região •

Cotidiano

Famílias em abrigo temporário da Prefeitura fazem teste de Covid-19

Publicado

no dia

Seis famílias abrigadas na Escola Municipal Dr. Ângelo Cônsoli, em Pouso Alegre (MG), passaram por teste de Covid-19 neste sábado, 08. A medida é parte do protocolo sanitário estabelecido no local em meio ao enfrentamento da pandemia.

O grupo de pessoas é parte das 51 famílias desabrigadas no bairro São Geraldo por conta das enchentes. A maior parte das pessoas seguiu para as casas de amigos e parentes, enquanto seis famílias optaram por seguir para o abrigo da Prefeitura. A Secretaria de Políticas Sociais esperava receber mais duas até o final da noite de hoje.

O município afirma que as famílias abrigadas na escola estão recebendo alimentação, assistência médica, psicológica e roupas.

Monitoramento das enchentes

Ainda de acordo com a Prefeitura, a Defesa Civil segue com o monitorando do nível dos rios que cortam o município. Na manhã deste sábado, a medição do rio Sapucaí Mirim registrou 4,2 metros e o rio Mandu 3,6 metros. As bombas de sucção dos diques de contenção 1 e 2 estão em operação segundo o município. Há ainda, também de acordo com a Prefeitura, duas bombas de sucção instaladas na ‘Diquinha’ para ajudar na drenagem das águas.


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram

Cotidiano

Moradores serão retirados de prédio que pegou fogo no Centro de Pouso Alegre

Publicado

no dia

Os moradores do prédio de quitinetes da Silviano Brandão, no Centro de Pouso Alegre, que pegou fogo três vezes em menos de 24 horas serão retirados do local. A informação foi repassada pelo Corpo de Bombeiros por meio de nota na noite desta terça-feira, 02.

De acordo com a corporação, após os incêndios recorrentes e a constatação de que o prédio não possuía AVCB, nem meios preventivos “contra incêndio e pânico para garantirem a evacuação segura”, a Coordenadoria Municipal de Proteção, a Defesa Civil de Pouso Alegre e o Serviço Social da Prefeitura foram acionados “com a finalidade de efetuarem a retirada e abrigo dos ocupantes da edificação”.

O Corpo de Bombeiros realizou uma vistoria de fiscalização no prédio nesta terça-feira, 02, depois de atender a três ocorrências diferentes de incêndio em um período de menos de 24 horas ao longo de segunda e terça-feira.

Três incêndios no mesmo prédio

O prédio da Rua Silviano Brandão pegou fogo três vezes em menos de 24 horas ao longo desta segunda e terça-feira, 02, na região central de Pouso Alegre. O edifício é um antigo hotel, que hoje abriga quitinetes de aluguel na Rua Silviano Brandão.

O primeiro incêndio ocorreu em uma quitinete no terceiro andar do prédio, no meio da tarde de ontem. Os bombeiros conseguiram conter as chamas utilizando cerca de 100 litros de água.

Já de madrugada, um novo foco de incêndio no prédio voltou a colocar a vida dos moradores em risco. Desta vez, as chamas tomaram conta de uma quitinete no segundo andar.

O morador do local não estava no momento em que o incêndio teve início. À imprensa ele disse que estava se preparando para se mudar do local.

Na tarde desta terça, um novo foco de incêndio no mesmo prédio voltou a mobilizar os bombeiros. Desde a primeira ocorrência, na tarde de segunda, os bombeiros alertaram para o fato de o prédio não possuir qualquer equipamento de proteção contra incêndios.

 

Confira a íntegra da nota do Corpo de Bombeiros:

Foi realizada vistoria de fiscalização na edificação localizada na Rua Silviano Brandão, nº 450, onde houve 03 (três) incêndios, a saber, nas datas: 01/08/2022 às 15:20h, 02/08/2022 às 03:50h e 02/08/2022 às 13:32h, sendo constatado que a edificação não possui AVCB, além de possuir risco à população, uma vez que não há meios preventivos contra incêndio e pânico para garantirem a evacuação segura.

Foram noticiados a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Pouso Alegre e o Serviço Social da Prefeitura Municipal, com a finalidade de efetuarem a retirada e abrigo dos ocupantes da edificação.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil encontra-se no local juntamente com representantes do Serviço Social da Prefeitura de Pouso Alegre e o responsável pela edificação realizando cadastro para posterior remoção dos ocupantes.

Ten Nogueira,
Cmt do Pelotão de Prevenção e Vistoria.

 

 


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Golpistas usam fotos de vereadores de Pouso Alegre para pedir dinheiro em rede social

Publicado

no dia

Foto: montagem R24/divulgação

Ao menos três vereadores de Pouso Alegre, no Sul de Minas, foram alvo de golpistas que agem nas redes sociais.

Os crimiminosos estão usando as fotos dos políticos para se passar por eles no aplicativo de mensagens WhatsApp e pedir dinheiro a amigos e conhecidos.

Os vereadores alvos da ação são Bruno Dias (U. Brasil), Dionício do Pantano (PSDB) e Miguel Junior Tomatinho (PSDB).

A Câmara de Pouso Alegre emitiu um comunicado à imprensa, informando o caso. Os vereadores não chegaram a registrar Boletim de Ocorrência acerca da ação dos criminosos.

Continuar lendo

Cotidiano

Prédio de quitinetes no Centro de Pouso Alegre pega fogo três vezes em menos de 24 horas

Publicado

no dia

Um prédio pegou fogo três vezes em menos de 24 horas ao longo desta segunda e terça-feira, 02, na região central de Pouso Alegre. O prédio é um antigo hotel, que hoje abriga quitinetes de aluguel na Rua Silviano Brandão.

O primeiro incêndio ocorreu em uma quitinete no terceiro andar do prédio, no meio da tarde de ontem. Os bombeiros conseguiram conter as chamas utilizando cerca de 100 litros de água.

Já de madrugada, um novo foco de incêndio no prédio voltou a colocar a vida dos moradores em risco. Desta vez, as chamas tomaram conta de uma quitinete no segundo andar.

O morador do local não estava no momento em que o incêndio teve início. À imprensa ele disse que estava se preparando para se mudar do local.

Já na tarde desta terça, um novo foco de incêndio no mesmo prédio voltou a mobilizar os bombeiros. A ocorrência está em andamento.

Desde a primeira ocorrência, na tarde de ontem, os bombeiros alertaram para o fato de o prédio não possuir qualquer equipamento de proteção contra incêndios. O caso já seria analisado pela corporação, que faria uma vsitoria no local. Com o agravamento da situação, espera-se que novas medidas sejam adotadas.

Continuar lendo

Mais lidas