Com casas invadidas por bichos, moradores do Cidade Vergani reclamam de lotes sujos

Previous
Next
Previous
Next

Cotidiano

Com casas invadidas por bichos, moradores do Cidade Vergani reclamam de lotes sujos

Publicado

no dia

Os moradores do bairro Cidade Vergani, em Pouso Alegre (MG), passaram a receber visitas indesejadas. Grande aranhas e até cobras estão entre os intrusos. A infestação, afirmam, é provocada pela presença de inúmeros lotes sujos no bairro. Com o perigo batendo às suas portas e em meio a uma epidemia de dengue, eles pedem uma ação mais enérgica da fiscalização da Prefeitura e apelam para a consciência dos proprietários dos lotes.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

A preocupação é enorme, especialmente com as crianças. Mãe da Eloá, de 3 anos, e do Kalel, de 9 meses, a vendedora Júlia Freitas teme pela segurança dos filhos.

“Apareceu uma aranha muito grande na cama da minha filha na hora que ela estava indo dormir. Ela ficou uma semana sem entrar no quarto dela. Ela foi entrar no quarto dela ontem”, conta.

Enquanto aguardam um posicionamento do poder público, os moradores têm se organizado para enfrentar o problema. “No grupo [de redes sociais] do bairro fizeram um outro grupo para que as pessoas possam limpar os lotes. E não é o lote das pessoas, são os moradores do bairro se juntando para fazer a limpeza, mas não é justo”, questiona.

A associação de moradores do bairro enviou um ofício à Prefeitura comunicando o problema e pedindo providências. Para a presidente da associação, Lívia Macedo, é necessário reforçar a fiscalização. Ela propõe, inclusive uma parceria com o poder público para que seja feita uma notificação em massa aos proprietários de lotes sujos.

“A nossa proposta é que venham fazer uma notificação em massa aqui no nosso bairro, de todos os lotes que estão sujos. A associação se prontificou e vai fazer uma mapeamento do bairro, de todos esses lotes para que a Prefeitura venha notificar”, explica Lívia, que também cobra dos proprietários dos lotes que mantenham suas áreas cuidadas e limpas.

O que diz a Prefeitura

O R24 conversou com o secretário de Planejamento Urbano e Meio Ambiente e chefe de Gabinete Interino da Prefeitura, Renato Garcia. Ele explicou que o município já está avaliando formas de fazer as notificações em massa, mas reforçou que há um prazo legal a ser respeitado até que a multa possa ser aplicada aos donos dos lotes. Esse prazo, de acordo com o secretário, pode chegar a cerca de 30 dias.

“Existe um lapso temporal entre notificar e multar. A dificuldade que nós temos, muitas vezes, é com o cadastro atualizado das pessoas. Então, nós temos que seguir um rito legal e processual que atrasa um pouco essa limpeza desses lotes. Mas, hoje, nós estamos fazendo o que? Nós estamos emitindo uma notificação por lote, ou seja, visualizando nos bairros todos os terrenos que estão desocupados e emitindo essa notificação. Essa notificação é válida por 18 meses (…) e a qualquer tempo, o fiscal passando e o terreno estando sujo pode acontecer a emissão de multa”, aponta.

A multa para proprietários que descumprem a obrigação de manter seus lotes limpos pode chegar a cerca de R$ 1.700 para terrenos de até 350 metros quadrados. O valor aumenta conforme o tamanho do imóvel e a reincidência do descumprimento.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Cotidiano

Mulher é autuada em flagrante por comprar casal de jabutis pelos Correios

Publicado

no dia

Policiais encontraram casal de jabutis em uma caixa | Imagem: divulgação/PC

Ouro Fino, MG – No Dia Nacional do Jabuti, comemorado nesta quinta-feira (23/5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), com apoio da Polícia Militar, autuou em flagrante uma mulher de 29 anos por adquirir um casal da espécie pelos Correios. O caso aconteceu em Ouro Fino, no Sul de Minas.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Após receber denúncias, a equipe da Delegacia de Ouro Fino, junto com policiais militares, se dirigiu à casa da suspeita, no bairro do Alto. Durante as diligências, os agentes encontraram os dois jabutis em uma caixa.

A investigação apurou que a mulher adquiriu os jabutis de um vendedor em Mauá, no interior de São Paulo. Em depoimento, ela alegou que não sabia da ilegalidade de comprar os filhotes dessa forma.

Por se tratar de crimes de menor potencial ofensivo, a mulher foi ouvida e liberada, mediante compromisso de comparecer aos atos policiais e judiciais.

Leis que protegem a fauna silvestre

A Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/1998) criminaliza a compra, venda, transporte e porte de animais silvestres sem autorização do órgão ambiental competente. A pena para esse tipo de crime pode chegar a cinco anos de prisão e multa.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Suspeito de assaltar comércio a mão armada é preso em flagrante pela PM

Publicado

no dia

Na tarde desta quinta-feira (23), a Polícia Militar de Minas Gerais prendeu em flagrante um homem de 27 anos suspeito de assaltar um comércio no bairro Guanabara, nas proximidades da região central de Pouso Alegre (MG). O crime aconteceu por volta das 16h30.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

Após ser acionada pela vítima, uma mulher de 61 anos, funcionária do local, a PM iniciou buscas na região e localizou o suspeito, que se encaixava nas características repassadas. Ao ser apresentado à vítima, ela o reconheceu como o autor do assalto.

Segundo a vítima contou à PM, o homem chegou ao local se apresentando, inicialmente, como cliente. “Após alguns questionamentos, exibiu uma arma de fogo e exigiu todo o numerário que se encontrava no caixa do estabelecimento. Após a subtração dos valores, evadiu a pé”, registra o informe da polícia.

De acordo com a PM, o autor foi preso em flagrante por roubo e encaminhado à delegacia de Polícia Civil para os trâmites legais.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Cotidiano

Mulher é presa com 7 quilos de maconha em ônibus na Fernão Dias

Publicado

no dia

Imagem: divulgação/PRF

Uma jovem de 22 anos foi presa nesta quarta-feira, 22, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 871 da Fernão Dias, em Pouso Alegre com 7 quilos de maconha. Ela seguia em um ônibus da Viação Santa Cruz, que fazia a linha São Paulo a Itajubá.

> Siga o R24 no Instagram
> Acesse o canal do R24 no WhatsApp
> Acesse a Comunidade de WhatsApp do R24

A prisão ocorreu durante uma fiscalização de rotina da PRF. Os agentes localizaram a droga dentro de uma mochila pertencente à passageira. Questionada, ela confessou que estava levando a droga para a cidade de Itajubá e que receberia R$ 700 pelo transporte.

A PRF informou que a mulher foi encaminhada, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil de Pouso Alegre, onde a ocorrência foi formalizada.

Quer receber notícias de Pouso Alegre e região e ser informado sobre as vagas de emprego diretamente no seu WhatsApp? Acesse o canal do R24 no WhatsApp


Não perca nada. Siga o R24 nas redes sociais:
Canal do WhatsApp| Facebook | Youtube | Instagram | Grupo de WhatsApp | Telegram | Twitter

Continuar lendo

Mais lidas